sábado, 31 de janeiro de 2009

Selos e selos

Com toda essa festa das premiações com selos, tenho passeado bastante e conhecido outros blogs.
Numa dessas idas incertas, encontrei o Lector in Fabula e conheci um outro selo, do qual gostei tanto que resolvi pedir para mim.
Este selo é mais que uma brincadeira. É um desafio muito legal.
Pedi e ganhei o selo.
Entrei no desafio, que para mim é bem difícil.
Já me explico por quê: adoro ler e ando sempre com um livro para cima e para baixo. Um no mínimo. Esse é o problema. Começo uns 5 ou 6 ou mais livros de uma vez. E cada vez que algo ou alguém, me sujerem um novo, vou atrás e compro e inicio. Além disso, tenho uma vida prá lá de agitada e adoro uma porção de coisas: correr, sair, papear, ler blogs, conversar neles, a partir dos comentários de que gosto entrar e conhecer outros blogs, trabalhar, fazer bebês nascerem, conversar interminavelmente...
Então, por conta disso, esse desafio torna-se realmente isso. Uma coisa que tenho que me dar forças para cumprir.
Vamos ver se consigo.
Janeiro terminou e eu consegui terminar o primeiro livro.(Enquanto os ouros cinco começados vão indo, sendo lidos).
Esse que terminei é até covardia.
É um livrinho pequenininho (mesmo, tem 10/7cm) e é, no dizer de um outro leitor, um mimo.
O autor é Mayrant Gallo, bahiano de Salvador, poeta e contista.
O mimo tem 18 contos quase policiais, quase fantásticos. Todos curtinhos e maravilhosos.
Você começa a lê-los despretensiosamente e fica completamente presa no pequeno volume de 120 páginas. Deliciosa prisão. Pequenas histórias que sugerem mais que contam, grandes histórias. O leitor entra num mundo fantástico de muitas dimensões. A real é a mais incrível delas.
O livro foi um presente que ganhei do autor, que conheci aqui, pois ele tem um blog com o desafiante nome de: Não Leia!
Graças a Deus sempre fui teimosa como uma mula e a melhor maneira de me fazer fazer alguma coisa sempre foi, dizer-me para não fazê-la. E descobri assim, um blog literário excelente e um escritor, poeta e contista brasileiro, com alma nórdica, e espírito brilhante de cuja existência jamais suspeitaria.
Dele também o próximo livro que já comecei, publicado pela Cosac & Naify: O Inédito de Kafka, também de contos, e outro de poesias que li ano passado: Recordações de Andar Exausto.

Para dar aguá na boca e alimentar a curiosidade aí vão os nomes dos contos, e um trexo do conto que dá nome ao livro:
Esqueleto/A derrota/A última cena /O espelho/O intruso/Solidariamente/Um natal/O gato de dois rabos/Um braço na noite/Cabelos/A felicidade/Dizer adeus/Não fui eu/O amor não escolhe/Manhã simples/Vida nova numa enorme casa/Chuva/Mãos dadas.

...

-O que é pior para você? - perguntou ao amigo - Esquecer uma mulher que amou ou não ter em seus braços uma outra que ama, que deseja? Ou ambas a
s situações são idênticas, de uma melancolia insuportável?

...



5 comentários:

San disse...

era miúda ainda quando me apercebi que jamais leria todos os livros que gostaria de ler.foi um choque. depois conformei-me. mas não aprecio a pressão da crítica, dos consensos ou das tiragens...

:)

Euzinha, mudando a Vida! disse...

Oi, vi seu post no blog do Lector in Fabula, também faço parte da confraria dos 50.
vim conhecer o seu blog e gostei muito do seu jeito de escrever e da dica.vou buscar o livro que vc indicou pra conhecer o autor.

sabe, também sou como você, começo a ler 500 livros ao mesmo tempo e me embolo, acabo levando séculos para terminar um. o legal do desafio é isso, pq você acaba se organizando para cumprir o desafio, e quando se organiza, acaba lendo muito mais.

tente se organizar, sei que o mundo tem milhares de distrações, mas só conseguimos andar dando um passo por vez, assim também é com os livros, um por vez.

beijos, prazer e aparece pra conhecer o meu blog!

Mayrant Gallo disse...

Oi, Marie, este foi o melhor elogio que alguém fez ao meu livro ou talvez a todos os meus livros... Não sei como agradecer. Um grande abraço!

Euzinha! disse...

OI Marie, para um comentário grande tive que fazer um post dedicado e grande. Também gosto de escrever muito..hahahaha. Dê uma olhada no meu blog, tem um post exclusivamente dedicado a você!!!!
beijo e bom final de domingo.
Euzinha!

Bárbara M.P. disse...

Segui o coelho branco e cheguei até aqui, um prazer conhecer esse caminho, fico lisonjeada por receber comentários tão doces e delicados quanto os que deixou lá no Cartas. Sinta-se sempre à vontade para tomar uma xícara de chá e bater papo por lá, eu - de minha parte- já me instalo aqui e peço-lhe licença para linkar esta página em minha lista.

Uma semana cheia de flores,

Bárbara