domingo, 14 de fevereiro de 2010

Sábado de Carnaval

Depois de encontrar Apolo no parque ela voltou para casa, cozinhou e comeu sua comida.
Assistiu pela enésima vez as PONTES DE MADISON que brindou com lágrimas nos olhos.
E bebeu vinho, por que, na maioria das vezes, a vida é nada.

9 comentários:

Bípede Falante disse...

Marie, absolutamente perfeito. A mais pura verdade e o mais merecido brinde. Amei tão curto e tão profundo conto.

Silvestre Gavinha disse...

Querida querida Bípede, você é por demais bondosa com o que escrevo.
Brigadíssima krida.
Grande beijo
Marie

Silvestre Gavinha disse...

Querida querida Bípede, você é por demais bondosa com o que escrevo.
Brigadíssima krida.
Grande beijo
Marie

Karen disse...

Breve e forte! Amei!

Murphy Brown disse...

Lágrimas? Cachoeiras, oceanos...começo a fungar só ao lembrar...acabei de postar um texto de autor desconhecido, pensava em você e ria, no entanto te encontro introspectiva...mas como a vida as vezes é nada, amanhã tudo muda... beijo

CMF disse...

E outra leu os trechos preferidos de 'Pride & Prejudice' e umas 4 cervejas e os discos antigos do The Cure e Depeche Mode.
A vida, não é nada. A vida, já foi.

Anônimo disse...

A Vida é bela, Cinema Paraíso, O perfume, A casa do Lago,
Que bom que é ser pequenino, ter pai , ter mãe, ter avós, ter esperânça no destino e ter quem goste de nós.

entrei hoje no teu blogue e fiquei fã.

Silvestre Gavinha disse...

Karen, que bom que você gostou. Breve nāo é muito comum pra mim.

Murphyyyy prazer re recebe-la krida. Pra quem pula o ano todo, o Carnaval em Curitiba convida a isso.

Carlinha, cê nāo ficou por menos, né? Depechemode?!!! Minha admiração.

Anonimo seja bem vindo.

Karla Santos disse...

Marie,

Me apeguei tanto à minha barriga que continuo grávida! rsrsrs Estou overdue, na 41 semana (pelo prazo do ciclo menstrual), e a data do ultra-som é dia 20. Difícil essa espera. :-(
beijo da Karla (carente dos seus comentários fofos!)