sábado, 9 de fevereiro de 2008

Meditação

Correndo no parque, no frio da manhã,
atrás dos próprios pensamentos,
vendo o sol surgindo a sua frente vencendo a densa neblina,
ela percebe que vale a pena continuar.

Porque é mulher,
porque cresceu,
porque endureceu e se fez mais terna e
porque enfim, a vida pulsa inexorável em seu coração ferido
aguardando o sol!
1995

Um comentário:

Tiago Enes disse...

Oi....
Passando só para fazer uma visitinha.
Achei o blog muito legal mesmo.
Muito interessante.
Parábens.
Continue Assim

Tenha um ótimo final de semana!